30 de outubro de 2010

Reinvento-me


Acho humanamente normal quem se transforma sem perder sua essência e não se limita, mas que sabe a hora de parar. Ora, se até a lagarta se deixa transformar numa borboleta na esperança de amadurecer, porque nós seres racionais temos esse receio bobo de tentar ser sempre da mesma forma?

Reinvento-me porque pensar do mesmo jeito o tempo todo, não me torna mais certa, não me deixa mais madura, nem me faz ser mais eu. Reinvento-me sem mudar o meu eixo, posso até mudar os fatores, mas o produto é sempre o mesmo. Então mudo, troco de posição os meus sentidos e se para Descartes eu penso, logo existo... Se mudo, então eu vivo.

Reinvento-me porque um dia caí na besteira
de querer ser sempre a mesma e me vi mais quadrada do que nunca. Se tudo muda o tempo todo, qual a vantagem de ser sempre igual? Sou uma espécie em evolução... Ora choro, ora canto, ora sou, ora nem sou mais tanto quanto era.

Eu me dou o direito de mudar e ai de quem não me acompanha! Eu danço conforme a música, eu jogo e então eu vivo. A vida quando deixa de ser vivida e passa apenas a ser existência, me dá um certo arrepio. É pedir demais para mim, voar sempre os mesmos voos... O céu é livre, voe mais, arrisque mais.
(Vanda Ferreira)

28 comentários:

  1. Pô, menina!
    Que legal que tenha voltado... já estava quase tirando você do meu Blog... rsrsrs
    Como sempre, uma visão madura em textos sóbrios e bem escritos! Que bom que estás de volta!
    Beijão do EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  2. tipo, eu era um cara muuuito brincalhão tanto que quando faço algo a serio o povo leva a brincadeira, hoje ja consigo ter a seriedade que preciso sem deixar o que tenho de melhor, esse sorisso no rosto! *---*

    ResponderExcluir
  3. Liiiiiiindo seu texto! Você é linda, beijo. =)

    ResponderExcluir
  4. Gostei. As pessoas confundem muuito "ter personalidade" com "ser o mesmo sempre e fazer o mesmo sempre". Não é bem...e você mostrou isso de forma bacana no texto...parabéns...
    www.rocknomeucarnaval.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Reiventar-se... É algo muito pertinente... De um jeito ou de outro, apenas mudamos o modo de agir, expondo-nos mais ou recuando mais... Nada e mudança... Porque o ser humano já nasce o que é... e pronto. Reiventar-se é a palavra ideal para buscar novos caminhos, pois a maneira de seguir uma mesma trilha é que muda.

    T.S. Frank
    www.cafequenteesherlock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Que belo texto! Só diz verdades, e acima disso, verdades que fazem bem à pessoa. Seja boa ou má a experiência, o que vale é o resultado.

    Seguindo!!!!
    Visite e siga o meu também!

    ResponderExcluir
  7. De fato nada nessa vida é definitivo. Não existem situações que não possam ser mudadas, e o mais racional e inteligente é sempre estar aberto a mudar!

    Ótimo texto!

    Abração

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Que blog gostoso de passar, dá vontade de ficar o dia todo lendo esses maravilhosos textos, vanda parabéns por transmitir essas mensagens.

    Olhé meu blog G7 Notícias :http://g7ceara.blogspot.com/

    Estou te seguindo se poder retribuir, fico grato.

    ResponderExcluir
  9. Heeey, adorei seus textos, já li alguns, vou ler mais. Parabéns!

    http://viicl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Primeira vez que visito aqui e gostei do que vi rs Muito bom o seu texto :) Vou dar uma viajada nos outros... Parabéns!

    []'s

    ResponderExcluir
  11. Como diria mestre raul, "eu prefiro ser essa metarmofe ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo"... Por muito tempo me orgulhei de ser alguém firme, decidida no meu ponto de vista, tinha medo de ser alguém fraca... mas com o tempo fui mudando e principalemte, aceitando essas mudanças Não porque sou, fraca ou influenciável. Mas porque me tornei alguém melhor, mais humana, mais madura. Ver o mundo com mais do que nossos próprios olhos! Essa é a chave.

    Ps:adorei seu blog, é uma honra pra mim saber que alguém que escreve tão bem admirou algo que escrevi. Beijos e Sucesso. Volte mais vezes.

    ResponderExcluir
  12. Que bom que voltou!!!
    Lindo texto como sempre

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Parabéns
    continue sempre escrevendo
    um lindo futuro p voce

    ResponderExcluir
  14. Belo texto,o universo não para e por isso temos que segui - lo pois somos parte dele.
    Abraço!

    www.anjoguerreirodeluz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. muito bom esse seu texto, foi voce que fez? muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  16. "Vrilbert Dark disse...
    muito bom esse seu texto, foi voce que fez? muito bom mesmo!"

    Sim, todos os textos publicados no blog são de minha autoria! :)

    ResponderExcluir
  17. Quem tem estrela, quando volta, volta brilhando mais ainda! Texto Vanda Ferreira de ser , rs.

    Muito bom, e vê se não deixa mais de publicar ...

    ResponderExcluir
  18. Belo texto! Adorei.
    Reinventar-se é sempre necessário...

    ResponderExcluir
  19. Adorei seu blog!Lindo!Estou seguindo...Me segue! *-*. Bjos

    ResponderExcluir
  20. Gosto bastante daqui, por isso, indiquei ao Premio Dardos!
    Passa lá no meu blog e dá uma olhada.

    Um beijo.
    http://estude-me.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Olá! Gostei muito do Seu Blog! Parabéns!
    Já estou te seguindo, e aproveitando para divulgar
    os meus sites...
    Abraços!
    Siga-me,
    Tem sorteio de Natal por lá!
    http://www.martas-bgfs.com
    http://www.brilhosgifs.com

    ResponderExcluir
  22. Olá Vanda Ferreira,

    É com grande prazer que o ECOS DA ALMA convida você para receber o SELO DE QUALIDADE por este blog maravilhoso recheado de palavras, pensamentos intelectuais e encanto...

    Obrigado, Grande abraço!!!

    Link do Selo:
    http://www.ecosdaalma.com/p/selo-de-qualidade.html

    ResponderExcluir
  23. LEGAL TEU BLOG... TO SEGUINDO... SIGA-NOS

    LUCRE COMISSÕES, DIVULGUE
    GRÁTIS SEU BLOG E PARTICIPE
    DE NOSSOS ENTRETENIMENTOS:

    www.psdesigner.com.br/entretenimentos

    OBRIGADO!
    Marcos Roberto

    ResponderExcluir
  24. Nossa!!!
    Que isso menina!!??
    Que cabeça é essa!!?
    Que sentimento é esse!!???
    Entrei agora, e o pouco que li, amei, quanto mais lia ,mais queria ler.
    Parabéns Vanda.
    Olha, vou dá umas copiada em alguns textos, com sua permissão.Nao é?
    Qualquer coisa se ñ poder entre em contato.
    Beijo garota.
    nubia-m-moreira@hotmail

    ResponderExcluir
  25. O interessante de seu texto é que, na verdade, ocorrem em nós sete espécies principais de transformação, todas involuntárias. Basta ver o que a idade faz com o rosto no espelho, por exemplo. Transformação biológica...
    Ou seja, por mais que tentássemos, jamais deixaríamos de estar em transformação ou reinvenção...
    Você fala de reinventar-se. Concordo. É necessário. Mas isso não é sempre o oposto de estabilizar-se. Às vezes, é paralelo... E certas estabilidades não são inferiores a nos reinventarmos. A lagarta virou borboleta uma vez... E ficou bom!
    Gostei muito do texto, deu muito o que pensar.
    Um abraço carinhoso
    Lello Bandeira

    ResponderExcluir
  26. Show seu blog...http://barrellasaovento.blogspot.com/

    ResponderExcluir